Top 5 jogos do Homem-Aranha

Desde a sua criação na década de 60 até os dias de hoje, a popularidade do Homem-Aranha tem crescido não apenas nos quadrinhos, mas em qualquer outro caminho que fosse disponível, desde merchandising e brinquedos, até filmes e séries animadas. Portanto não é de se espantar que um dos maiores super heróis de todos os tempos tentasse encontrar seu lugar entre os jogos de vídeo games tão logo essa mídia tenha surgido. Apesar de nenhum jogo ainda ter conquistado o título de obra prima que faça jus ao nome do aracnídeo, decidimos listar aqui 5 dos seus jogos, ou que contam com sua participação, que valem a pena serem jogados:

1 – Marvel Super Heroes – War of the Gems

Este clássico do Super Nintendo se aproveita da fórmula usada em seu outro game de sucesso, X-Men: Mutant Apocalypse.

Aqui o jogador poderá controlar não apenas o Homem-Aranha, como também outros heróis da Marvel como Capitão América, Homem de Ferro, Wolverine e Hulk, com a missão de recuperar as Joias do infinito antes que caiam em mãos erradas.

O jogo é basicamente um Beat-em up com os personagens da Marvel, cada um com poderes e habilidades distintas, onde o jogador irá percorrer diferentes cenários espancando inimigos até enfrentar um vilão. O jogo tem seu diferencial, não apenas com os poderes e jogabilidade de cada herói, mas na possibilidade de equipa-los com uma das joias do infinito conforme as mesmas são adquiridas ao longo da história.

2 – Spider-Man 2

Lançado na época do segundo filme da primeira trilogia do cabeça de teia, este jogo entrou na lista por ter criado, pela primeira vez, a sensação de poder se balançar entre os prédios como o nosso herói. Com a mecânica de Free-roaming o jogador tem a cidade de Nova York para se locomover livremente com o uso das teias, algo que nenhum de seus antecessores conseguiu fazer até então, além da história principal, há diversas missões secundárias que concedem ao jogador “pontos heroicos”, permitindo a compra de novos poderes e habilidades.

3 – Ultimate Spider-man

Este jogo se passa no universo Ultimate da Marvel, utilizando o visual Cel-shading para criar um estilo mais próximo aos quadrinhos e aproveitando-se do sucesso da mecânica Free-roaming de Spider-Man 2. Além de jogar com Peter Parker, há também a possibilidade de controlar Venom, com uma jogabilidade bem diferenciada. Com Homem-Aranha o jogador poderá se balançar pelos prédios e um estilo de combate bem acrobático, enquanto que com Venom a movimentação é feita pelo uso de grandes saltos, no combate são utilizadas as garras e tentáculos do simbionte, além de ter a necessidade de “devorar” outras pessoas para recuperar a vida que é constantemente drenada pela utilização do traje. Ultimate Spider-man pega tudo que Spider-man 2 teve de bom e complementa com novas mecânicas, bem divertidas, e novos personagens.

4 – Spider-Man Shattered Dimensions

Por que jogar com apenas um Homem-Aranha quando você pode jogar com 4 deles? Em Spider-Man: Shattered Dimension o vilão Mystério acaba descobrindo um artefato místico capaz de conceder poderes mágicos reais para seu usuário. Felizmente o Aranha aparece para impedir seus planos e durante o confronto a relíquia é quebrada em vários fragmentos que são jogadas em outras dimensões. Então a vidente conhecida como Madame Teia aparece para auxiliar nosso herói, e suas encarnações em outras dimensões, a recuperar todas as partes do artefato antes que sejam utilizadas para o mal.

O jogo se destaca dos outros por possuir 4 personagens bem distintos e com estilos de jogos diferenciados. Temos o Homem-Aranha clássico, com seu estilo de combate ágil e acrobático, como esperado. Além dele há a sua versão ultimate, que utiliza o traje negro adquirido pelo uso do simbionte com um foco maior em combate contra grandes números de inimigos. Temos também a versão Noir, com aspecto um pouco mais sinistro e dark, se passando na década de 30, onde o herói deverá ser mais furtivo e derrubar seus inimigos um por um para ter sucesso. E, finalmente, temos a versão de 2099, num futuro dominado por megacorporações inescrupulosas, temos um Homem-Aranha dedicado a combate-las, com uma jogabilidade mais voltada para combate estratégico rápido e adaptativo.

Intercalando entre os heróis, o jogador deverá recuperar as partes que faltam do artefato e enfrentar diversas versões de vilões clássicos. Infelizmente o jogo peca em um ponto por não possuir o mundo aberto como em seus antecessores, porém a variação entre os estilos de jogo de cada personagem acabam conseguindo equilibrar essa deficiência.

5 – Spider-Man: Web of Shadows

O problema em se jogar com super-heróis é que, bem, eles serão sempre heróis. Mas e se pudessem ter a escolha e não serem tão bonzinhos assim?

Em Web of Shadows a cidade de Nova York começa a passar por uma onda de problemas, incluindo uma epidemia simbionte e para ajudar o nosso amigo da vizinhança é infectado também, acabando por conseguir de volta seu famoso traje negro, tendo agora de fazer escolhas que podem leva-lo à caminhos sinistros. O jogo volta com o mundo aberto e, desta vez, a possibilidade de trocar entre o Aranha clássico, mais rápido e ágil, e o Simbionte que é mais forte e destrutivo, sendo que cada um possui sua seleção de golpes, combos e poderes bem definidos. Também é possível conseguir ajuda de aliados que podem ser invocados durante o combate para ajudá-lo a enfrentar grandes hordas de inimigos. Durante o jogo o protagonista deverá fazer escolhas morais sobre as atitudes que irá tomar e isso irá impactar no andamento da história.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.