The Flash | Tricksters s01e17

Com a desconfiança aguçada após os últimos acontecimentos, o décimo sétimo episódio de Flash mostra Barry questionado e inseguro em permanecer acreditando em Dr. Wells. Com tal abalo nas estruturas do herói, a aventura da semana explora caminhos interessantes ao demonstrar que, embora venha evoluindo, Flash depende, e muito, de seus amigos para solucionar problemas.

Pegando carona na onda de flashbacks que já vem abundante desde o princípio de Arrow, a série, nessa reta final, parece ter resolvido abrir o jogo sobre mistérios que rondavam os expectadores. Embora, é claro, apareçam mais mil questionamentos na nossa cabeça a cada um que é respondido. Esse poder de dar ao público o que ele quer, revelando segredos, mas ao mesmo tempo conseguir criar mais expectativas tem sido o ingrediente especial presente em Flash.

The.Flash.2014.S01E17

Integrando o elenco da equipe no capítulo, o estrelado Mark Hamill, que já traz consigo sua gama de fãs nerds da primeira trilogia de Star Wars – onde outrora deu vida a Luke Skywalker, aos desavisados – faz uma participação mais que especial. Além de reviver o mesmo personagem já devidamente representado na antiga série do corredor escarlate no início da década de 90, o vilão Trapaceiro, a série atual consegue aproveitar esse fato magistralmente ao mostrar Hamill como um vilão que já fora vencido naquele tempo e, por agora, paga por seus crimes em Iron Heights. Com isso, a real ameaça passa a ser um novato que copia as ações do velho malfeitor, tentando assumir sua identidade.

Do outro lado da trama, uma carga de drama assola o episódio, o que já vem se tornando comum. Algumas escolhas são desnecessárias, ou parecem ser, como o repentino interesse do Trapaceiro por Iris e, porque não, a escolha do vilão por um refém em específico. Nada que afete no geral.

Icônica cena de Tricksters
Mark Hamill (eterno Luke Skywalker – à esquerda) em cena icônica de Tricksters.

Fazendo uso de referências inspiradíssimas, que vão além de usar o mesmo vilão da série clássica, passando por citações de Breaking Bad e, obviamente, Star Wars (que momento! Um verdadeiro referenception!), Tricksters ainda surpreende, no final, com revelações inesperadas que, no imaginário dos fãs, abrem incontáveis possibilidades futuras.

Por último, mas longe de ser menos importante, ainda sobra espaço para nosso herói desenvolver mais uma capacidade incrível que sempre foi vista no mundo das HQs. Habilidade esta que, na série, já foi mostrada de forma tímida pelo antagonista Flash Reverso. Não é à toa que, com todo seu jeitinho leve e brincalhão, a série de herói com mais fantasia – e conteúdo! – da atualidade vai ganhando força e, aos poucos, se tornando preferida nos gostos de pessoas como eu.

s01e17_scenes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.