Street Fighter: Assassin’s Fist

Quando os anúncios da produção de uma websérie de Youtube sobre Street Fighter começaram a aparecer, a empolgação do público não foi destaque. Alguns títulos deixaram dúvidas eternas na memória dos fãs após produções de gosto duvidoso, como o filme de 1994.

Num primeiro momento, a aparência dos personagens pode parecer caricata demais por ser tão similar aos jogos da franquia, mas essa sensação desaparece ainda no primeiro episódio. Quem já conhece Street Fighter se familiariza rápido e logo percebe algo que chama muito mais a atenção: o enredo. Com uma história bem contada, ainda que pouco abrangente dentro do escopo dos jogos ricos em personalidades diferentes, Assassin’s Fist, produzida pela Machinima, tem um foco narrativo desenvolvido e cativante.

street-fighter-assassins-fist

Contando com episódios curtos, de 10 a 13 minutos de duração, como o formato de websérie padrão, o roteiro faz bom uso de histórias em tempos diferentes (flashbacks) para convergir os pontos em comum e criar a ameaça da primeira temporada. Basta assistir ao primeiro episódio para liberar a curiosidade e sentir vontade de ver mais um. E mais um.

Devido ao orçamento limitado, não vemos rostos de atores conhecidos em Assassin’s Fist, o que realmente não faz diferença para o andamento da história. Os intérpretes escalados cumprem bem os papéis e dão boa fluência à trama. Os efeitos especiais são simples, mas nem por isso ruins. Pode-se dizer, então, que é o melhor Hadouken já produzido em live action.

streetfilme_kotakubr01-1260x710

Street Fighter: Assassin’s Fist conta com 12 episódios de qualidade e a promessa de mais temporadas futuras para dar segmento aos desafios de Ken e Ryu. Para fãs dos lutadores nos videogames, e até simpatizantes de artes marciais, essa é uma ótima alternativa para se aproximar dos personagens icônicos. Para assistir a primeira temporada completa, é só clicar no link abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=vW7S62t6Ikw&index=2&list=PLZLTS4u9M_2r89MGqgDNGGxQfmLuhtxqU

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.