A mitologia do Batman é de conhecimento geral de grande parte dos aficionados por cultura pop. Suas histórias nas revistas em quadrinhos recentemente comemoraram 75 anos de publicação e diversos filmes já abordaram a sua jornada de combate ao crime, porém a Warner juntamente com a DC Comics decidiram inovar. Ao invés de recontar algum arco do Cavaleiro das Trevas, a ideia foi contar os primórdios de sua história e explorar a cidade sombria onde a corrupção e a violência predominam sobre a lei e a ordem.

Gotham tem início com o detetive James Gordon (Ben McKenzie) chegando ao GCPD (Departamento de Polícia de Gotham) e juntamente com seu parceiro, detetive Harvey Bullock (Donal Logue), ficam responsáveis por solucionar o caso do assassinato de Thomas e Martha Wayne. É nesse momento que Gordon tem seu primeiro contato com o jovem Bruce Wayne (David Mazouz) e seu mordomo Alfred (Sean Pertwee). Conforme as investigações progridem, o detetive tem um vislumbre da sujeira que assola a cidade, a corrupção policial aliada ao domínio das máfias instalou uma onda de violência e caos assustadora contra a qual Gordon se compromete a lutar.

Gordon e Bullock

A primeira temporada vem trilhando um caminho intrigante, a parte às investigações do assassinato dos Wayne a série nos proporciona uma visão muito mais ampla de Gotham e como a rede de criminosos comanda a cidade. Enquanto Dom Carmine Falcone (John Doman) e Dom Salvatore Maroni (David Zayas) lutam pelo controle da máfia, temos outros personagens tentando assumir o poder e o controle da cidade, como Fish Mooney (Jada Smith) e Oswald Cobblepot (Robin Taylor), o famoso Pinguim .

Sem dúvida Cobblepot é a estrela de Gotham, com uma atuação excelente o ambicioso Pinguim deixou de ser o carregador de guarda-chuva de Fish Mooney para se tornar o braço direito de Falcone. Após ser poupado de uma morte certa, Oswald promete se infiltrar no grupo de Maroni e espioná-lo, garantindo uma vantagem estratégica para Carmine.

Cobblepot

Os problemas de Cobblepot começam após uma tentativa frustrada de Fish para desbancar Falcone, onde depois de algumas horas de tortura e alguns tiroteios, Mooney consegue fugir, o que nos leva ao episódio desta semana.

The Fearsome Dr. Crane

No décimo quarto episódio de Gotham, temos um assassino a solta que mata suas vítimas utilizando-se de seus medos mais profundos: um homem é enforcado no topo de um prédio, enquanto outro é aterrorizado por um brutamontes com mascara de porco. Ao passo que Gordon e Bullock seguem as pistas para encontrar o criminoso, Edward Nygma (Cory Smith) é suspenso de seu cargo quando é pego realizando uma autopsia no lugar do médico responsável.

Enquanto os detetives estão seguindo algumas pistas, Dom Maroni leva Penguim para um passeio não muito agradável em sua casa de campo após receber um ligação de Fish, antes de seu auto-exílio temporário, contando de que lado Cobblepot realmente está.

Maroni

James e Harvey acabam se encontrando com “Todd”, um integrante de um grupo de apoio para fobias, responsável pelo crimes no momento em que ele afogava uma das participantes do grupo pela qual Bullock parece estar interessado. A garota é salva, porém “Todd” escapa junto com seu filho que está a par das atividades do pai.

Por fim, a Dra. Leslie Thompkins (Morena Baccarin) revela a Gordon que após os assassinatos dr. Crane retirava as glândulas responsáveis pela adrenalina causadora do medo de suas vítimas. Como o título do próximo episódio – Scarecrow – deixa claro, os trabalhos de dr. Crane serão usados para criar a toxina do medo utilizada pelo Espantalho – vilão clássico das HQs do Batman.

The Fearsome Dr. Crane foi mais um daqueles episódios para contar a origem de um dos vilões, ao mesmo tempo que criou ainda mais problemas para o Penguim, o que provavelmente irá intensificar a guerra entre Falcone e Maroni. Nos resta aguardar os próximos episódios para sabermos quem serão as vítimas do Espantalho e a vingança de Fish Mooney.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.