Análises

Publicado em 15th setembro, 2017 | by Giuseppe Turchetti

Comments

Feito na América

A julgar pelo trailer de Feito na América, em que vemos Tom Cruise dando vida a um personagem esperto, pilotando aviões e fugindo da polícia, ainda mais com o nome do diretor Doug Liman surgindo em seguida, aquele responsável pela mesma dobradinha com o ator no ótimo No Limite do Amanhã (2014), é automático o pensamento de que se trata, apenas, de mais um filme de Tom Cruise. Dessa vez, porém, reservam-se algumas surpresas.

Começando pelo fato de o filme ser uma biografia, portanto baseado em uma história real, não sobra muito espaço para o astro acrescentar, da maneira como entender, suas cenas mirabolantes de ação inacabáveis. Sendo assim, vemos Cruise interpretar Barry Seal, um piloto comercial americano que, cansado do tédio da sua rotina de voos, aceita um trabalho secreto para a CIA sem, ao menos, fazer mais perguntas acerca do serviço. Com a missão de sobrevoar e fotografar os países da América Central em plena Guerra Fria, Seal se vê diante de várias oportunidades para conquistar uma vida mais confortável para sua família.

Com uma montagem que foge do usual, o longa se passa como fragmentos de lembranças do protagonista enquanto o mesmo grava fitas de sua história servindo ao país. A medida que o roteiro se desenrola, fica clara a crítica a toda uma geração de americanos, perdurando até mesmo nos dias de hoje, que se aproveita de várias situações, inclusive guerra e pobreza, para fortalecer a si própria. Não só Seal tem caráter egoísta e duvidoso como o próprio governo financia combates armados em territórios comunistas com finalidade de se fortalecer na região. Essa parcela histórica da trama é o ponto alto que torna o filme interessante, capaz de prender a atenção nos detalhes fatídicos, utilizando, inclusive, esquemas e animações para tornar a “aula de história” algo realmente didático e divertido.

Demarcando bem os cenários dentro e fora dos EUA, a fotografia tem lá sua identidade forte, utilizando também câmeras dentro do avião e, por vezes, muito tremidas para inserir os espectadores na cena. Ainda em quesitos técnicos, a trilha sonora bem escolhida ajuda a empolgar e dita certo ritmo na trama, mas sem oferecer grandes momentos memoráveis.

A maior aposta de Feito na América é brincar com a curiosidade do público, já que a vida do protagonista é marcada por uma sucessão de acontecimentos que vão muito além de sua capacidade de decidir sobre a própria vida. Aparecimentos ilustres como o famoso Cartel de Medellín e o traficante Pablo Escobar tornam a história mais interessante. Ainda assim, a direção modesta de Liman, sem mostrar personalidade, apoia-se demais nas situações mais cômicas e no carisma de Tom Cruise, criando um clima longe de ser ruim, mas apático, sem alcançar grande destaque diante dos gêneros pretendidos.

Tags: , , ,


Sobre o Autor

Giuseppe Turchetti

Formado em Ciência da Computação, técnico em Informática, curso de Web Design, empregado no setor de TI como analista de suporte e desenvolvimento e colunista de cinema no jornal Diário de Taubaté. Respiro o universo Geek todo o tempo. Os assuntos abordados pelo Censura Geek fazem parte da minha vida e é de grande satisfação deixar minha opinião aqui. Sou gamer desde a geração Atari, tive muitas HQs na infância, filmes e séries sempre me fizeram companhia. E ainda não conheço um fã de Batman maior que eu!



Voltar para o Topo ↑
  • Curta o Censura Geek!

  • Posts Recentes

    Jurassic World: Reino Ameaçado

    Jurassic World: Reino Ameaçado

    A franquia que encantou toda uma geração voltou de vez. Não só recomeçou a série em 2015 arrecadando[...]
    Oito Mulheres e um Segredo

    Oito Mulheres e um Segredo

    Revivendo a série de filmes de roubos super elaborados que deu as caras pela última vez em 2007, a f[...]
    Han Solo: Uma História Star Wars

    Han Solo: Uma História Star Wars

    Mantendo o fôlego de lançar um filme por ano, a franquia Star Wars chega ao que talvez seja a mais p[...]
    Deadpool 2

    Deadpool 2

    Há 2 anos o famigerado mercenário tagarela chegava às telas com uma aventura solo que trazia uma neb[...]
    A Noite do Jogo

    A Noite do Jogo

    Os trabalhos do ator Jason Bateman costumam não seguir um padrão. Embora faça algumas comédias parec[...]
  • Palavra NERD
    Pixelstree
  • Anúncios