Na véspera do dia de todos os santos, os demônios, bruxas e outras criaturas da noite saem para se divertir e infernizar a vida dos seres humanos. É uma data sobre terror, histórias sinistras, monstros… e doces!

Costume Quest, desenvolvido pela Double Fine Productions e publicado pela THQ, é um RPG nos moldes tradicionais e com temática ligada ao dia das bruxas. Tudo começa quando um casal de irmãos, que se odeiam, devem sair para pedir doces juntos. Um deles é sequestrado por um monstro ao ser confundido com um doce gigante por causa de sua fantasia, deixando na responsabilidade do outro irmão de salva-lo, o que o leva a descobrir um grande esquema dos monstros para roubarem todos os doces no Halloween.

O jogo se encontra no modelo esperado de um jogo de RPG eletrônico tradicional. Possui um sistema de batalha por turnos onde os inimigos ficam de um lado e os heróis do outro. No início do confronto as fantasias que os personagens usam se transformam em versões gigantes e mais poderosas. O combate é definido em uma ataque básico normal que pode causar dano aumentado se o jogador executar uma ação específica como pressionar um certo botão no momento correto ou rapidamente, ato que é variado para cada roupa. Após alguns ataques seguidos, um especial é liberado, podendo ser um ataque mais forte, um golpe que atinge uma área toda, capacidade de curar aliados ou algum outro poder especial. Infelizmente, com o passar do tempo, os combates não variam muito, tornando-o um pouco chato e repetitivo.

Fora das batalhas o jogo é divido basicamente em 3 áreas, onde, além de seguir a história principal, é possível explorar em busca de doces (a moeda de troca), itens colecionáveis e receitas para novas fantasias e seus componentes. Diversas fantasia possuem habilidades que são uteis fora de combate, como capacidade de correr mais rápido, criar um escudo protetor ou iluminar uma área mais escura.

O grande chamativo deste game é, com certeza, sua história e seu roteiro divertido. Os personagens são carismáticos e engraçados, apesar das falas não possuírem áudio. Os gráficos são simples porém ainda visualmente agradáveis e os modelos dos personagens são criados com um efeito e design de cartoon e a trilha sonora é igualmente agradável, casando bem com a arte do jogo. Infelizmente, com apenas 3 áreas, o jogo parece ser um pouco curto demais e poderia ter espaço para mais conteúdo.

Apesar de ter um combate sem grandes variações e poucas horas de jogo, Costume Quest pode ser uma boa pedida se busca algo para jogar como passatempo ou para aproveitar um RPG tradicional com uma história divertida.

O jogo originalmente foi lançado para Xbox Live Arcade e Playstation Store, mas agora encontra-se disponível também para Windows, Linux e para IOS.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.