A aclamada série do Arqueiro Verde vem fazendo um enorme sucesso com o público, tanto que diversas outras séries de heróis surgem a cada semestre. Com o alto nível das duas primeiras temporadas, as expectativas para um terceira eram exorbitantemente elevadas, contudo apesar de alguns deslizes, a narrativa continua empolgante.

A famosa fórmula de um vilão por episódio se mantém intacta, juntamente com o tom sombrio que permeia Starling City – agora Star City. Porém o elenco é agraciado com novos nomes, como Brandon Routh que interpreta o milionário Ray Palmer – figura importante na trama que se desenvolve, ao passo que velhos conhecidos retornam ao núcleo principal, como é o caso de John Barrowman com sua excelente atuação no papel de Malcolm Merlyn.

Paralelo aos acontecimentos em Star City, acompanhamos Oliver Queen (Stephen Amell) em seus flashbacks, os quais se passam em Hong Kong, onde após ser resgatado por Amanda Waller (Cynthia Addai-Robinson), o milionário é obrigado a ser uma espécie de agente da ARGUS por debaixo dos panos com o intuito de investigar e interrogar criminosos da organização chinesa Triad ao lado de Maseo Yamashiro (Karl Yune).

Uprising

Ainda operando na ausência de Oliver, o Team Arrow (Felicicty, Laurel, Diggle e Roy) buscam uma maneira de deter o vilão do momento, Danny Brickwell (Vinnie Jones) de tomar controle sob o Glades. Apesar de já terem enfrentado outros criminosos muito mais perigosos, sem Queen para nortear as investidas o grupo não consegue atingir sucesso. A solução parece surgir quando Malcolm descobre uma dolorosa revelação sobre o assassino de sua esposa, o que o faz tentar uma união com a equipe do arqueiro a fim de eliminar Brick.

Os questionamentos morais do grupo são colocados em cheque e mais uma vez Felicity é quem os faz tomar a atitude correta, digna de quem clama ser o lado heroico de Star City. A maneira como as coisas se resolvem é digna de elogios, o roteiro foge do óbvio e busca uma alternativa muito mais nobre do que colocar um assassino para enfrentar o outro. Em meio a batalha entre os habitantes do Glades e os capangas de Brick, Oliver Queen retorna -dos mortos – a cidade pronto para defendê-la novamente.

Retorno de Oliver Queen

Além de marcar o retorno de Oliver, Uprising trouxe um fim justo à ameaça de tomada do Glades, estabeleceu novas esperanças e revelou duras verdades sobre o passado e o presente de Merlyn e Queen. Um episódio responsável por finalizar um arco e dar início a outro ainda mais intrigante.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.