Os melhores filmes de 2019

Os melhores filmes de 2019

2019 chegou ao fim e, com ele, fomos agraciados com muitas ótimas obras cinematográficas, o que representou um grande ano para a indústria. Sendo assim, é hora de mais um especial top 10 do Censura Geek.

É sempre válido lembrar que a lista a seguir retrata somente a minha opinião estritamente pessoal, com base em minhas experiências e minha bagagem. O intuito aqui é, então, o de elencar os filmes como forma de recomendação a todos os amantes da sétima arte. Lembro ainda que apenas os filmes os quais tive a oportunidade de assistir durante o ano podem entrar na lista, existindo a possibilidade de alguns ficarem de fora por ainda não terem sido lançados fora dos EUA.

Menções Honrosas

Começando com aqueles que são, originalmente, de 2018, mas só chegaram por aqui nesse ano, temos Homem-Aranha: No Aranhaverso, a animação que venceu o Oscar e conquistou os fãs com seu estilo único e inovador que, sem dúvidas, o fará ser lembrado por muito tempo. Creed II seguiu a linha de seu predecessor e, continuando a história começada em Rocky, ainda dá show nas telonas. Considerado pelo Oscar o melhor filme de 2018, Green Book tem um roteiro incrível cheio de diálogos poderosos que levam os espectadores para uma viagem que prende a atenção do início ao fim. Já em 2019, alguns longas que não conseguiram entrar no top 10, mas merecem destaque, são: Joias Brutas, Rocketman, Toy Story 4 e alguns mais. Justiça feita, estamos prontos para começar a lista!

10º – Dois Papas

Baseado na história real, Dois Papas mostra, com sutileza, o confronto de ideologias dos dois últimos papas, Bento XVI e Francisco. Fortemente ancorado nas atuações de Anthony Hopkins e Jonathan Pryce, o filme dirigido pelo brasileiro Fernando Meirelles fala sobre muito mais que religião e é capaz de emocionar boa parte de quem assiste.

9º – Ford vs Ferrari

Mais um longa que conta uma história real, dessa vez pouco conhecida. Apesar de falar sobre carros e eventos automobilísticos da época que retrata, o filme humaniza seus protagonistas, estrelados por Christian Bale e Matt Damon, e nos aproxima dos personagens, ajudado pela direção de alto nível de James Mangold.

 

8º – Entre Facas e Segredos

Uma comédia de suspense que subverte os gêneros com uma narrativa deliciosa de acompanhar. Apesar do grande elenco de luxo envolvido, Ana de Armas e Daniel Craig são os destaques, além do roteiro incrível do também diretor Rian Johnson. Uma das mais gratas surpresas de 2019! (Clique para ler a crítica completa)

 

7º – Nós

O retorno do diretor e roteirista Jordan Peele, depois de seu incrível Corra. Um filme de terror que tem seus destaques muito acima do proposto pelo gênero e consegue fazer uma crítica muito pesada sobre a sociedade em geral, mas em especial a americana. Diferente, intrigante e cheio de metáforas, Nós segue caminhos inesperados e exige alto nível de interpretação do público.

6º – Vingadores: Ultimato

Se é cinema raiz ou não, deixamos tal discussão para aqueles que querem perder tempo com a mesma. O fato é que, após 10 anos e mais de 20 filmes, a Marvel Studios encerrou seu ciclo com uma apoteose para os fãs e entregou em Ultimato um desfecho nada menos que sensacional para sua saga. O tamanho desse evento cinematográfico fala por si só e se confirma como o fenômeno de 2019. (Clique para ver a crítica completa)

5º – O Irlandês

O diretor Martin Scorsese entrega a obra máxima do que considera cinema de verdade. O Irlandês, com sua incrível duração de 3 horas e 29 minutos, é, certamente, uma aula de cinema. Com roteiro muito bem escrito, personagens desenvolvidos divinamente e grandes diálogos, sem contar a fotografia impecável e, claro, a direção que Scorsese sempre entrega, podemos considerar a produção como um filme quase perfeito. Isso tudo sem falar do elenco com Robert De Niro, Al Pacino, Joe Pesci, entre outros.

4º – Coringa

Outro exemplo de texto que se sobressai ao filme. Causando polêmicas em todo o mundo, Coringa traz um roteiro e desenvolvimento de personagem tão fortes que é capaz de conquistar a empatia e a pena de muitos espectadores. Magistralmente dirigido por Todd Phillips, extraindo o melhor de Joaquin Phoenix, a produção ainda consegue se encaixar de forma elegante em um universo alternativo do Batman. Serve, também, de bela homenagem ao ser baseado, ironicamente, em obras de Martin Scorsese. (Clique para ver a crítica completa)

3º – História de um Casamento

Embora não seja um daqueles típicos filmes feitos para serem tristes, História de um Casamento carrega uma visão realista demais acerca do matrimônio e, principalmente, suas dificuldades, sendo um filme bem forte. Com atuações dignas de serem lembradas por anos, Scarlett Johansson e Adam Driver entregam os melhores papeis de suas carreiras com diálogos viscerais e intercalam momentos de muita emoção contida e explosões de sensações. Dirigido por Noah Baumbach, merece a medalha de bronze dos melhores de 2019.

2º – Era uma vez em… Hollywood

Quando Quentin Tarantino lança um filme, o mundo para e dá atenção. Quando o diretor, conhecido por sua violência estilizada, decide, ainda, retratar uma época tão conturbada da história de Hollywood, a tensão só aumenta. Tendo em seu elenco Leonardo DiCaprio, Brad Pitt e Margot Robbie, o filme não apenas é uma obra de arte de tirar o fôlego pela beleza estonteante e atuações incríveis, como também demonstra um respeito sem igual pela história. Um roteiro tão delicado e otimista que justifica seu título. Vice-campeão dos melhores do ano!

1º – Parasita

Sendo um ano atípico na indústria, o melhor filme de 2019 é coreano. Dirigido por Bong Joon Ho, Parasita é uma comédia dramática que se entranha em um suspense digno de perturbar qualquer espectador. Com belíssimas atuações de todo o elenco, o roteiro do filme tem a capacidade incrível de fazer uma forte crítica sobre a diferença de classes na Coreia do Sul, facilmente reconhecida em muitas partes do mundo. Falar desse filme é uma tarefa ingrata, pois qualquer informação a mais pode estragar o prazer de assisti-lo. E sim, assistir a esse filme é um deleite, visto que a obra é impecável em todos os aspectos como montagem, ritmo, trilha sonora, fotografia… E por todos esses méritos, Parasita é o melhor filme de 2019!

Giuseppe Turchetti

Formado em Ciência da Computação, técnico em Informática, analista de suporte, colunista de cinema no jornal Diário de Taubaté e administrador do Censura Geek. Respiro o universo Geek todo o tempo. E ainda não conheço um fã de Batman maior que eu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *