Estrelas Além do Tempo

Estrelas Além do Tempo

estrelas-alem-do-tempo-posterNo início da década de 1960, em plena guerra fria, as duas potências que polarizavam o mundo corriam atrás do domínio daquilo que ainda era um mistério: o espaço. A Rússia, vista como vilã pela maior parte do mundo capitalista, estava alguns passos à frente na conquista espacial, já com satélites orbitando nosso planeta. Nesse cenário de pressão para os EUA, o trabalho da NASA se intensificou, revelando algumas das mentes mais brilhantes da época.

Além da aula de história, Estrelas Além do Tempo também ensina outros valores que ainda são pertinentes no nosso século XXI. Apesar de focar sua narrativa na ascensão de três protagonistas reais que foram indispensáveis para o programa espacial americano, destaca-se o caminho árduo percorrido por elas pelo simples fato da cor da pele. No auge do racismo e segregação nos Estados Unidos, os negros eram separados em um prédio só para eles nas dependências da NASA. Ademais, banheiros eram separados, não só por masculino e feminino, mas em banheiros para brancos e outros para negros.

estrelas-alem-do-tempo-01

Ainda que seja pautado por essa trajetória triste e emocionante, a saída óbvia de se apoiar no drama e tornar o longa sofrido e deprimente é evitada com maestria. A palavra que representa Hidden Figures (nome original) é otimismo. O diretor e roteirista Theodore Melfi prefere escorar o filme na esperança e superação, mostrando Katherine Johnson (Taraji P. Henson), Dorothy Vaughan (Octavia Spencer) e Mary Jackson (Janelle Monáe) como mulheres fortes, destemidas e determinadas, esquivando-se do vitimismo e sentimentalismo proposital, dando espaço apenas para emoções mais genuínas, como a solidarização e satisfação. A trilha sonora é mais um fator que contribui na leveza das cenas, baixando o tom de tensão quando necessário.

Outro ponto de sustentação do longa, responsável por fazê-lo funcionar bem, é a atuação competente dos atores. Não só o trio de protagonistas carrega a história, como os coadjuvantes, com destaque para Kevin Costner e Kirsten Dunst, entregam personagens facilmente relacionáveis. O roteiro igualmente eficaz flutua bem entre os desafios e conquistas na vida das três mulheres e mescla a projeção com cenas reais de lançamentos feitos na época.

Indicado ao Oscar em três categorias – Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Atriz Coadjuvante (Octavia Spencer) – Estrelas Além do Tempo é inspirador e emocionante na mesma intensidade que é reflexível e consciente.

4

Giuseppe Turchetti

Formado em Ciência da Computação, técnico em Informática, analista de suporte, colunista de cinema no jornal Diário de Taubaté e administrador do Censura Geek. Respiro o universo Geek todo o tempo. E ainda não conheço um fã de Batman maior que eu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *