Braid

Braid

Braid é um indie, plataformer e puzzle game desenvolvido pela Number None, Inc. A princípio a temática se assemelha muito aos jogos do Mario, já que seu principal objetivo é resgatar a princesa que nunca está no castelo no momento que seu herói Tim chega para salvá-la. Porém as semelhanças com o encanador bigodudo da Nintendo param por aí, pois a parte interessante desse jogo é que é possível controlar o fluxo temporal de uma maneira um tanto estranha.

A história é bastante original e a maneira que ela é revelada ao jogar também é interessante, a cada mundo antes das fases existem alguns livros descrevendo o relacionamento de Tim com a Princesa e como ele cometeu erros no passado que fizeram esse namoro acabar. A partir desse momento, o homem de terno e gravata aprende a controlar os mistérios do tempo e parte em uma aventura para recuperar o amor de sua vida.

anotherCastle
Clássica homenagem aos jogos do Mario

Braid é realmente um jogo curto se você quer apenas passar pela fases, mas é preciso coletar peças de quebra-cabeça durante as fases e montá-las em um painel no final de cada um dos 5 mundos para desbloquear o final e é aí que o jogo te prende, pois o controle temporal proporciona um dinamismo incrível na hora dos puzzles, no início voltar no tempo serve simplesmente para corrigir um pulo errado ou uma morte inesperada, porém com o passar das fases, os novos poderes, adquiridos em cada mundo, combinados a esta habilidade são fundamentais para colocar uma plataforma no lugar certo para obter uma peça do quebra-cabeça, por exemplo.

worlds
Coletando as peças é possível montar os quebra-cabeças

A trilha sonora com agudos angustiantes de violino combinada a arte toda feita a mão – uma verdadeira obra prima – conferem a Braid uma atmosfera meio sombria e até bastante triste em vários momentos.

Plantas carnívoras, os Goombas (seus pequenos inimigos) e castelos são uma verdadeira homenagem à Super Mario, o que pode ser um ponto forte para alguns ou um desastre total para os fãs mais assíduos do encanador italiano. Outra característica que pode não fazer muito o gosto dos gamers é o fato de ser impossível morrer de verdade, tudo que é necessário é voltar o tempo e lá está você vivo de novo.

Se você é fã de um bom jogo de plataforma com jogabilidade inovadora, trilha sonora cativante, uma arte fantástica, gosta de resolver puzzles e não se importa com gráficos 3D de última geração, inclua Braid na sua biblioteca de jogos preferidos – disponível para Xbox 360, Playstation 3 e PC.

Adan Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *