Breaking Bad

Breaking Bad

De acordo com a cultura de cada sociedade são estabelecidos valores morais e éticos bem definidos para que possamos conviver da melhor maneira possível com outros seres humanos. – agora você deve estar se perguntando, porque esse cara tá vindo com papo de aula de filosofia? Calma, já chego lá. – Mas e se você recebesse a notícia de que lhe restam apenas alguns meses de vida? Você continuaria seguindo todos os valores morais que antes regiam sua vida? Essa é a premissa do seriado escrito por Vince Gilligan da emissora norte-americana AMC, Breaking Bad (expressão coloquial do inglês que pode ser usada para se referir a uma pessoa que fazia tudo dentro dos padrões sociais e agora se tornou um fora da lei).

A trama gira em torno de Walter White (Bryan Cranston), um professor de química altamente qualificado, mas que da aula para o ensino médio, e sua família. No seu 50º aniversário, Walter é diagnosticado com câncer pulmonar inoperável e lhe são dados poucos meses de vida – imagine a situação, caro leitor, um homem com um filho de 16 anos e uma esposa grávida de 8 meses e a única renda familiar é o salário de professor que não é lá muito dinheiro. Nesse instante Walt começa a refletir sobre como sua família irá se manter após sua morte e percebe que sua pensão como professor não será suficiente.

imagem1Ao assistir pela televisão uma operação policial comandada por seu genro Hank Schrader (Dean Norris) aprendendo milhares de dólares de traficantes de metanfetamina, Walt decide que a melhor maneira de conseguir dinheiro é usar sua habilidades químicas geniais para fabricar metanfetamina. Mas para isso, ele precisa de um parceiro que entenda como funciona toda a logística por detrás do tráfico de drogas, nesse momento seu ex-aluno Jesse Pinkman (Aaron Paul) aceita ser parceiro de Walt.

Ao longo dos episódios, é visível a transformação de Walt. Quando a situação fica perigosa ele sempre tem uma solução que o transforma ainda mais em um criminoso, aos poucos vemos os valores de um homem, antes completamente honesto, se reduzirem a pó. Quando é questionado sobre essas ações Walther se justifica dizendo que tudo está sendo feito é para que sua família não passe necessidades após sua morte.

imagem2
Walter White, personagem principal de Breaking Bad

Breaking Bad trás à tona muitas reflexões sobre certo e errado, mas vai além disso, mostrando as consequências de cada uma das escolhas feitas pelo protagonista, visto que muitas delas envolvem outras pessoas que acabam se machucando para que o propósito um tanto egoísta de Walter seja cumprido. Não é um tema agradável para todos as pessoas, mas a atuação dos atores e todo o roteiro bem trabalhado fazem de Breaking Bad uma das melhores sérias da atualidade – na minha opinião, obviamente.

Adan Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *